terça-feira, 23 de novembro de 2010

O DIREITO

Imagem da WEB



Como um sopro entraste sem licença;
Me envolveu até a alma;
Inquietou;
Desacalmou;
Já fazes parte de mim e eu de ti;
Imagino nós, velhinhos, caminhando de mãos dadas;
Ao teu lado quero fazer justiça;
Proclamá-lo;
Em um grito incontido, proferir sentenças;
De felicidade;
De amor;
Com arte;
Com poesia;
Humana;
Popular!


Laís Teixeira

3 comentários:

  1. Nossa,
    Laís nos leva ao ideal,
    que se renova,
    que nos mantem.

    Beijo prima, lindo!

    ResponderExcluir
  2. Laís.. não sabia que você tinha blog!..
    Passando por aqui pela primeira vez, e já adorando!

    A arte pulsa aqui fortemente!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Amei a visita! Stven, pensei que tinha te falado.

    Bju

    ResponderExcluir