terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Vagando


Foto: WEB

Como explicar?
Como expressar?
Como viver?
Como amar?
Viver em um eterno questionamento!
Mexida,
Aprisionada,
Angustiada,
Escambo de sentimentos,
Que viram tormento,
Já faz tanto tempo,
Já foram tantas vezes,
Tantos sonhos,
Tantos desejos,
Mesmo assim,
Ainda estou a vagar!

Laís Teixeira

Um comentário:

  1. muito bonito teu poema.
    um desejo constante, e frustante.
    uma coincidência amigável e infeliz

    ResponderExcluir