sexta-feira, 23 de abril de 2010

O Mar


Abri os portões para o sopro da inspiração
Navegar no embalo das ondas do pensamento,
que a pouco estava inerte, petrificado, monocromático.
Mas como pode, se pensas no fluxo do mar???
Se tua inspiração é mais diversificada que as profundezas do oceano???
Se teus desejos são mais intensos quanto o canto da sereia???
Se tua força e persistência é bem maior que as ondas do mar que perfuram os maiores e mais sólidos corais???

Sei, sei, sei...

Eis como o MAR!


Laís Teixeira

Nenhum comentário:

Postar um comentário