terça-feira, 6 de julho de 2010


Nos pontos do teu labirinto,
Pinto e bordo um universo,
Crio e conto “anedotas”,
Na calçada da casa dela.

Laís Teixeira

Um comentário: